9. Muitos ensinam que a vinda de Jesus Cristo será dividida em duas fases, a primeira para os crentes (arrebatamento) e a segunda com os crentes no fim dos sete anos da grande tribulação: compartilhas este ensinamento?  


Não, não compartilho este ensinamento porque lendo as Escrituras se evidencia que a vinda de Cristo para os crentes e a vinda de Cristo com os crentes acontecerão num mesmo dia, e não à distância de 7 anos, ou três anos e meio como dizem outros. Em outras palavras, Jesus Cristo quando naquele dia aparecer do céu, ou como diz numa outra passagem, descer do céu, com alarido e com voz de arcanjo e com a trombeta de Deus, ressuscitará os mortos em Cristo, depois transformará os santos que estiverem ainda vivos, e todos iremos ao encontro do Senhor nos ares. Depois nesse mesmo dia Cristo combaterá contra os exércitos da terra que se ajuntarão contra ele, os vencerá exterminando-os, e depois começará o milénio em que Cristo reinará com os seus santos sobre a terra por mil anos. Obviamente a volta de Cristo acontecerá depois que for manifestado o anticristo porque este último será desfeito com o sopro da boca de Jesus e aniquilado com o esplendor da sua vinda.

As palavras da Bíblia que mais me persuadiram que a volta do Senhor (que compreende a sua aparição, a ressurreição dos justos e a transformação dos santos vivos) não está dividida em duas fases separadas entre elas por sete anos são as seguintes: "Ora, quanto à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reunião com ele, rogamos-vos, irmãos, que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto. Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, o qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus. Não vos lembrais de que estas coisas vos dizia quando ainda estava convosco? E agora vós sabeis o que o detém, para que a seu próprio tempo seja manifestado. Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora resiste até que do meio seja tirado; e então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda" (2 Tess. 2:1-8).
Como podes ver, Paulo quando fala aos Tessalonicenses DO DIA DE CRISTO (2:2) se refere à vinda do nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reunião com ele (2:1). Mas não só, ele coloca também O DIA DE CRISTO depois que for manifestado o anticristo, com efeito, diz que o Senhor Jesus o desfará e aniquilará.

 

 

Índice