5. Tornaremo-nos anjos quando formos para o céu? 


Não, nós crentes não nos tornaremos anjos quando morrermos e formos para o céu com o Senhor.

Os anjos são criaturas celestiais que no céu permanecem distintos e separados das almas daqueles que morrem no Senhor. Isto o se evidencia de maneira clara por quanto diz João no Apocalipse que diz ter visto no céu "as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram" (Apoc. 6:9) que se encontravam debaixo do altar diante de Deus, e os anjos que estavam em pé ao redor do trono e dos anciãos e das quatro criaturas viventes (cfr. Apoc. 7:11).  
E depois se tenha presente que os anjos são espíritos ministradores enviados para servir a favor dos que hão de herdar a salvação (cfr. Heb. 1:14), pelo que eles são seres celestiais que Deus envia para realizarem tarefas em favor dos crentes sobre a terra, isto é confirmado muitas vezes pela Sagrada Escritura. Enquanto as almas daqueles que morrem no Senhor não são enviadas por Deus à terra para servirem os santos, mas permanecem no céu.
E depois aqueles que morrem no Senhor não podem tornar-se anjos porque no céu aguardam a ressurreição dos seus corpos e quando esta acontecer então a sua alma se reunirá com o seu corpo transformado pelo poder de Deus num corpo glorioso, imortal e incorruptível. E se cuide bem que nem quando os mortos em Cristo ressurgirem eles se tornarão anjos, eles serão porém iguais aos anjos porque não poderão mais morrer, eis o significado das seguintes palavras de Jesus: "Os filhos deste mundo casam-se, e dão-se em casamento; mas os que forem havidos por dignos de alcançar o mundo vindouro, e a ressurreição dentre os mortos, nem hão de casar, nem ser dados em casamento; porque já não podem mais morrer; pois são iguais aos anjos, e são filhos de Deus, sendo filhos da ressurreição" (Lucas 20.34-36).

 

 

Índice