38. Queria que me explicasses as seguintes palavras de Jesus: "Ora, para que saibais que o Filho do homem tem sobre a terra autoridade para perdoar pecados (disse ao paralítico), a ti te digo: Levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa" (Lucas 5:24) 


Jesus tinha dito pouco antes a esse homem paralítico: "Homem, os teus pecados te são perdoados" (Lucas 5:20), ao que os escribas e os Fariseus começaram a dizer dentro de si que ele blasfemava porque só Deus podia perdoar os pecados. Jesus porém conhecendo os seus arrazoamentos pôs-lhes esta pergunta, a saber, se era mais fácil dizer ao paralítico: ‘Os teus pecados te são perdoados’ ou ‘Levanta-te e anda’. É obvio que a sua pergunta tinha como resposta a primeira, de facto, era mais fácil dizer a um paralítico ‘os teus pecados te são perdoados’ em vez de ‘levanta-te e anda’. Se portanto ele pudesse dizer a esse paralítico ‘levanta-te e anda’ demonstraria ter autoridade sobre a terra para perdoar os pecados. E assim fez, ele mandou àquele paralítico levantar-se, tomar o seu leito e andar. E quando as multidões viram isso "temeram, e glorificaram a Deus, que dera tal autoridade aos homens" (Mat. 9:8). Portanto, as multidões reconheceram que tinha sido Deus a dar a Jesus a autoridade para fazer andar os paralíticos. O facto pois de Jesus ter perdoado os pecados àquele homem no fim passou para segundo plano quando todos viram que autoridade tinha recebido Jesus Cristo de Deus.

 

 

Índice