26. Por que é que Jesus falou de justos que não devem arrepender-se quando disse: "Digo-vos que assim haverá maior alegria no céu por um pecador que se arrepende, do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento" (Lucas15:7)? 


Porque os justos não necessitam arrepender-se dado que eles já se arrependeram. Portanto as palavras de Jesus não devem ser interpretadas no sentido que na terra existem homens que não necessitam arrepender-se dos seus pecados porque nasceram justos e imaculados e  levam uma vida sem pecado, se assim fosse, com efeito, Jesus não teria dito que se deve pregar o arrependimento e a remissão dos pecados a todas as nações (cfr. Lucas 24:47), e Paulo não teria depois dito aos Romanos que todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus (cfr. Rom. 3:23) e não teria dito também no Areópago de Atenas que "Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam; porquanto tem determinado um dia em que com justiça há de julgar o mundo, por meio do homem que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dentre os mortos" (Actos 17:30-31).

 

 

Índice