16. Leio a Bíblia há cerca de um ano com um grupo de amigos cristãos. No período pascal um deles pôs a seguinte pergunta: Por quanto tempo Jesus esteve no sepulcro? O objectivo da pergunta era o de procurar compreender se tinha sido por três dias e três noites, como Jonas esteve no ventre do peixe. Verifiquei que não é fácil dar uma resposta a tal quesito. Pelos Evangelhos não parece que seja possível traçar uma clara sequência cronológica dos factos. Seria possível ter uma resposta resolutiva sobre este assunto? Agradeço antecipadamente e envio as minhas mais cordiais saudações.


Antes de tudo é necessário partir do pressuposto que Jesus Cristo não pôde mentir quando disse a alguns escribas e Fariseus quanto segue: "Esta geração má e adúltera pede um sinal; e nenhum sinal se lhe dará, senão o do profeta Jonas; pois, como Jonas esteve três dias e três noites no ventre do grande peixe, assim estará o Filho do homem três dias e três noites no coração da terra" (Mat. 12:39-40). Pelo que devemos crer que Jesus esteve no coração da terra 3 dias e 3 noites, e eu creio nisso. Tendo presente porém que Ele morreu sexta-feira à tarde (por volta da hora nona) e ressuscitou na manhã do primeiro dia da semana parecerá que ele não ficou no coração da terra três dias e três noites mas menos. As coisas porém não são como parecem porque a expressão "três dias e três noites’ usada por Jesus significa "após três dias" conforme está escrito: "Começou então a ensinar-lhes que era necessário que o Filho do homem padecesse muitas coisas, que fosse rejeitado pelos anciãos e principais sacerdotes e pelos escribas, que fosse morto, e que depois de três dias ressurgisse" (Mar. 8:31), e conforme ele disse: "O Filho do homem será entregue nas mãos dos homens, que o matarão; e morto ele, depois de três dias ressurgirá" (Mar. 9:31), e: "Derribai este templo, e em três dias o levantarei" (João 2:19), ou como está escrito em Mateus: "Ao terceiro dia" (Mat. 16:21). O que significa que Jesus predisse que ressuscitaria após três dias da sua morte, o que aconteceu porque ele ressuscitou no primeiro dia da semana. Em outras palavras ainda, a expressão  "três dias e três noites" é um modo extenso de dizer três dias; vê por exemplo o que é dito daquele jovem egípcio achado no campo por Davi e os seus homens, que não comia e nem bebia havia três dias e três noites e que quando foi interrogado por Davi disse que o seu senhor o tinha abandonado porque três dias antes tinha adoecido (cfr. 1 Sam. 30:11-14). E dado que no uso hebraico de contar os dias as partes do dia no início e no fim de um período são contadas como dias, dizer que Jesus ressuscitou no primeiro dia da semana, precisamente de manhã, equivale a dizer que ele ressuscitou três dias depois da sua morte.

 

 

Índice