9. Quando Jesus disse: "Quem me viu a mim, viu o Pai", quis dizer que Ele era também Deus Pai?


Não, porque doutra forma não teria algum sentido todas aquelas passagens da Escritura onde é dito que ele orou ao Pai, deu graças ao Pai, louvou o Pai; onde se diz que ele foi enviado ao mundo pelo Pai, que o Pai o amou, e muitas outras aonde se evidencia que há uma nítida distinção entre ele e o Pai, sendo duas pessoas distintas, ainda que ele e o Pai eram e são Um.

Para explicar-vos como Jesus não podia e não pode ser também o Pai, além do Filho, embora tenha dito essas palavras, direi alguma coisa sobre a visão que teve Paulo no caminho de Damasco. Ora, Paulo no caminho de Damasco quando estava indo para perseguir a Igreja teve uma visão em que viu Jesus, de facto quando Ananias foi ter com ele lhe disse: "Irmão Saulo, o Senhor Jesus, que te apareceu no caminho por onde vinhas, me enviou, para que tornes a ver e sejas cheio do Espírito Santo" (Actos 9:17), e também: "O Deus de nossos pais de antemão te designou para conhecer a sua vontade, e ver o Justo..." (Actos 22:14). Portanto, não há dúvida que Paulo viu o Senhor Jesus Cristo nessa visão celestial. Paulo, porém a Timóteo, falando de Deus, diz: "Aquele que tem, ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver, ao qual seja honra e poder sempiterno. Amém" (1 Tim. 6:16). Como é que então Paulo afirma que nunca nenhum homem viu o Rei dos reis e o Senhor dos senhores, tendo ele mesmo visto Jesus Cristo, o Justo, e sabendo que ele era o Senhor dos senhores e o nosso grande Deus? A resposta é porque nestas palavras ele afirma que nunca nenhum homem viu Deus Pai e não que nunca nenhum viu o seu Filho.

Mas então por que é que Jesus afirmou que quem o tinha visto tinha visto o Pai? Porque Jesus era e é "a imagem do Deus invisível" (Col. 1:15), e "o resplendor da sua glória" (Heb. 1:3); em outras palavras quem via ele nos dias da sua carne via a bondade de Deus, a justiça de Deus, a misericórdia de Deus, o amor de Deus, e por isso podia compreender como era Deus; mas não é que quem o via via o seu Pai em pessoa porque Deus o Pai estava no céu sentado no seu trono rodeado por miríades e miríades de anjos.



Índice