7. Mas é verdade que Jesus não necessitava ser ungido por Deus?


Não, não é de modo nenhum verdade porque Jesus como verdadeiro homem que era necessitava também ele ser ungido por Deus com o Espírito Santo para cumprir a missão que Deus tinha decretado confiar-lhe. Nunca se deve esquecer quando se fala de Jesus Cristo que ele como homem tinha limites como os temos nós, no sentido que também ele não poderia cumprir a missão de Deus e seu Pai sem a unção. Jesus Cristo foi ungido pelo Pai precisamente para ser capaz de cumprir a obra de Deus, de facto, ele disse na sinagoga de Nazaré: "O Espírito do Senhor está sobre mim, pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados do coração, a pregar liberdade aos cativos, e restauração da vista aos cegos, a pôr em liberdade os oprimidos, a anunciar o ano aceitável do Senhor" (Lucas 4:18-19). Esse ‘para’ significa ‘para me fazer capaz de’. Mas aliás – se não fosse assim - não se explicaria por que é que Deus tinha predito que ungiria o seu Servo Jesus quando disse: "Eis aqui o meu servo, a quem sustenho, o meu eleito, em quem se compraz a minha alma; pus o meu espírito sobre ele; ele trará justiça às nações" (Is. 42:1). Lembremo-nos depois que Jesus expulsava os demónios pela ajuda do Espírito de Deus (cfr. Mat. 12:28) que estava sobre Ele. 

 

 

Índice