2. O que significa: "O espírito está pronto, mas a carne é fraca"? 


Para perceber o significado destas palavras ditas por Jesus aos seus discípulos é necessário ver em que circunstância ele as proferiu. No Evangelho escrito por Mateus lemos: "Então foi Jesus com eles a um lugar chamado Getsêmani, e disse aos discípulos: Sentai-vos aqui, enquanto eu vou ali orar. E levando consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu, começou a entristecer-se e a angustiar-se. Então lhes disse: A minha alma está triste até a morte; ficai aqui e vigiai comigo. E adiantando-se um pouco, prostrou-se com o rosto em terra e orou, dizendo: Meu Pai, se é possível, passa de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres. Voltando para os discípulos, achou-os dormindo; e disse a Pedro: Assim nem uma hora pudestes vigiar comigo? Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca" (Mat. 26:36-41)

Como podes portanto ver, Jesus tinha ordenado aos seus discípulos vigiar juntamente com ele e tinha ido orar, mas passado uma hora tinha voltado e os tinha encontrado a dormir. Portanto os discípulos do Senhor naquela noite não foram capazes de vigiar sequer por uma hora. Foi então que Jesus disse-lhes para vigiar e orar para que não caíssem em tentação e portanto no pecado, coisa esta muito fácil de acontecer porque a nossa carne é fraca, ou seja, a nossa natureza humana é frágil, facilmente se deixa arrastar para o pecado, à diferença do espírito que ao contrário tem uma outra atitude porque está pronto a fazer o que Deus ordena fazer. A maneira portanto em que nós podemos suprir a fraqueza da carne e não cair em tentação é vigiando e orando.

 

 

Índice