2. A doença vem sempre e exclusivamente do diabo como dizem alguns pastores?


Não, não vem sempre do diabo porque em alguns casos é enviada por Deus. Vejamos alguns exemplos bíblicos de pessoas feridas por Deus com uma doença.  

Deus feriu com lepra Miriã a irmã de Moisés por ter falado contra Moisés conforme está escrito: "E falaram Miriã e Arão contra Moisés, por causa da mulher cusita, com quem casara; porquanto tinha casado com uma mulher cusita. E disseram: Porventura falou o Senhor somente por Moisés? Não falou também por nós? E o Senhor o ouviu. E era o homem Moisés mui manso, mais do que todos os homens que havia sobre a terra. E logo o Senhor disse a Moisés, a Arão e a Miriã: Vós três saí à tenda da congregação. E saíram eles três. Então o Senhor desceu na coluna de nuvem, e se pôs à porta da tenda; depois chamou a Arão e a Miriã e ambos saíram. E disse: Ouvi agora as minhas palavras; se entre vós houver profeta, eu, o Senhor, em visão a ele me farei conhecer, ou em sonhos falarei com ele. Não é assim com o meu servo Moisés que é fiel em toda a minha casa. Boca a boca falo com ele, claramente e não por enigmas; pois ele vê a semelhança do Senhor; por que, pois, não tivestes temor de falar contra o meu servo, contra Moisés? Assim a ira do Senhor contra eles se acendeu; e retirou-se. E a nuvem se retirou de sobre a tenda; e eis que Miriã ficou leprosa, branca como a neve; e olhou Arão para Miriã, e eis que estava leprosa. Por isso Arão disse a Moisés: Ai, senhor meu, não ponhas sobre nós este pecado, pois agimos loucamente, e temos pecado. Ora, não seja ela como um morto, que saindo do ventre de sua mãe, a metade da sua carne já está consumida. Clamou, pois, Moisés ao Senhor, dizendo: Ó Deus, rogo-te que a cures. E disse o Senhor a Moisés: Se seu pai cuspira em seu rosto, não seria envergonhada sete dias? Esteja pois fechada sete dias fora do arraial, e depois a recolham. Assim Miriã esteve fechada fora do arraial sete dias, e o povo não partiu, até que recolheram a Miriã" (Num. 12:1-15). Que foi Deus a ferir Miriã com a lepra o disse Deus nestes termos: "Lembra-te do que o Senhor teu Deus fez a Miriã no caminho, quando saíste do Egipto" (Deut. 24:9). 

Deus feriu com lepra o rei Uzias por ter-se ensoberbecido em seu coração e ter cometido uma transgressão contra Deus: "Mas, quando se tornou poderoso, exaltou-se o seu coração até se corromper; e transgrediu contra o Senhor seu Deus, porque entrou no templo do Senhor para queimar incenso no altar do incenso. Porém o sacerdote Azarias entrou após ele, e com ele oitenta sacerdotes do Senhor, homens valentes. E resistiram ao rei Uzias, e lhe disseram: A ti, Uzias, não compete queimar incenso perante o Senhor, mas aos sacerdotes, filhos de Arão, que são consagrados para queimar incenso; sai do santuário, porque transgrediste; e não será isto para honra tua da parte do Senhor Deus. Então Uzias se indignou; e tinha o incensário na sua mão para queimar incenso. Indignando-se ele, pois, contra os sacerdotes, a lepra lhe saiu à testa perante os sacerdotes, na casa do Senhor, junto ao altar do incenso. Então o sumo sacerdote Azarias olhou para ele, como também todos os sacerdotes, e eis que já estava leproso na sua testa, e apressuradamente o lançaram fora; e até ele mesmo se apressou a sair, visto que o Senhor o ferira. Assim ficou leproso o rei Uzias até ao dia da sua morte; e morou, por ser leproso, numa casa separada, porque foi excluído da casa do Senhor. E Jotão, seu filho, tinha o encargo da casa do rei, julgando o povo da terra" (2 Cron. 26:16-21). 

Deus feriu o rei Jeorão com uma doença incurável por causa da sua maldade: "E depois de tudo isto o Senhor o feriu nas suas entranhas com uma enfermidade incurável . E sucedeu que, depois de muito tempo, ao fim de dois anos, saíram-lhe as entranhas por causa da doença; e morreu daquela horrível enfermidade; e o seu povo não lhe queimou aromas como queimara a seus pais" (2 Cron. 21:18-19).

Na Igreja de Corinto haviam alguns que estavam doentes porque tinham sido feridos por Deus porque se aproximavam indignamente da ceia do Senhor . Eis as palavras de Paulo: "Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma do pão e beba do cálice. Porque quem come e bebe, come e bebe para sua própria condenação, se não discernir o corpo do Senhor. Por causa disto há entre vós muitos fracos e doentes, e muitos que morrem. Mas, se nós nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados; quando, porém, somos julgados, somos corrigidos pelo Senhor, para não sermos condenados com o mundo" (1 Cor. 11:28-32). 

Como podeis bem ver nestes casos a doença foi um juízo de Deus enviado para punir transgressões. Aqueles, pois, que fazem passar todos os crentes que estão doentes por pessoas feridas pelo diabo, como o foi o justo Jó que foi ferido por Satanás com uma úlcera maligna da planta dos pés ao cimo da cabeça (cfr. Jó 2:7), dizem uma coisa falsa. 

Certamente, há muitos casos em que é o diabo a ferir com a doença com a permissão de Deus, mas há também casos em que a doença é um juízo de Deus ou uma sua punição.

 

 

Índice